saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-cns-simers-hospital-cfm-conselho-federal-medicina-4
EINSTEIN
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-cns-cremesp-congresso-medicina-sao-paulo-sp

CFM promove discussão sobre desafios e propostas para os cuidados dos longevos

CFM promove discussão sobre desafios e propostas para os cuidados dos longevos

A atenção à saúde da população idosa, envelhecimento saudável e a importância da transição de cuidados foram alguns dos temas em destaque no I Fórum Virtual de Geriatria do Conselho Federal de Medicina (CFM). O evento foi realizado de forma on-line nesta sexta-feira (15), na sede do CFM, em Brasília, com transmissão ao vivo pelo canal da autarquia no YouTube e também pela plataforma eletrônica Zoom, aos inscritos no encontro.

A abertura do evento foi marcada por discursos que ressaltaram a importância de repensar políticas públicas e modelos assistenciais diante das demandas do envelhecimento populacional. O presidente do CFM, José Hiran Gallo, e a coordenadora da Câmara Técnica de Geriatria do Conselho, Helena Maria Carneiro Leão, conduziram a cerimônia inicial, destacando a relevância do debate para o futuro da saúde no Brasil.

Cuidados dos centenários  –  O tema central do fórum, intitulado “Trinta e oito mil Centenários no Brasil: Desafios e Propostas para os Cuidados dos Longevos”, direcionou as discussões ao longo do dia, dividido em mesas e palestras que abordaram diversos aspectos do envelhecimento e dos cuidados geriátricos.

Os principais eixos de discussão foram as soluções a curto, médio e longo prazo para o crescente número de idosos no País, Atenção Primária à Saúde (APS), transição de cuidados, Rede de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa (RASPI), e a proporcionalidade dos cuidados.

Na declaração de Helena Maria Carneiro Leão, no encerramento do I Fórum Virtual de Geriatria do CFM, a conselheira enfatizou a importância do princípio da não maleficência no cuidado dos longevos, destacando a necessidade de respeitar a dignidade humana e os princípios da bioética. Ela ressaltou a importância da integração entre o CFM e a academia para uma formação ética e profissional sólida. “Ciência, ética, bioética e dignidade humana estão interligadas”, disse. Para Helena, é preciso uma abordagem qualificada e ética no cuidado aos idosos, destacando o compromisso contínuo da comunidade médica com esses valores fundamentais.

A gravação do evento está no acervo de vídeos do CFM no YouTube. Confira abaixo: