saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-cns-simers-hospital-cfm-conselho-federal-medicina-4
EINSTEIN
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-cns-cremesp-congresso-medicina-sao-paulo-sp

Com investimento de R$ 150 milhões, Hospital Monporto é inaugurado em Rio Grande

Com investimento de R$ 150 milhões, Hospital Monporto é inaugurado em Rio Grande

Com um investimento de R$ 150 milhões e disponibilizando uma média de 100 leitos, o Hospital Monporto, em Rio Grande, no sul do Estado, inaugurou nesta sexta-feira (16). A previsão de plena operação do hospital, com mais de 30 especialidades, é dia 1º de março. O hospital, que iniciou suas obras em dezembro de 2021, é considerado de médio porte e alta complexidade. Nesta primeira etapa, a instituição irá funcionar com 80 leitos até 120 leitos, a depender da demanda, mas tem capacidade de ampliação para até 200, sem necessidade de novas obras. Já o quadro de profissionais é formado por 228 médicos e 220 enfermeiros e técnicos em enfermagem.

“Hoje é um dia de emoção, de importância ímpar. Começamos com um projeto local e agora passou a ser regional. Só tínhamos dois hospitais aqui na cidade, então é sensação de dever cumprido”, disse o presidente do Monporto, Rafael Avancini. Ele afirmou que a data da inauguração é próxima ao aniversário de fundação de Rio Grande, comemorado no dia 19 de fevereiro. “É um presente para a cidade”. Ocupando um terreno de 22 mil metros quadrados na Avenida Presidente Vargas, 501, a área construída é de 10 mil metros quadrados, e os edifícios contam com até três andares. O complexo hospitalar terá Emergência 24 Horas, com as especialidades de clínica geral, ortopedia e traumatologia, cirurgia geral e pediatria em plantão presencial 24 horas, entre outras. O Monporto terá cinco salas de cirurgias.

Uma das grandes propostas do empreendimento em Rio Grande é fazer com que as pessoas não precisem se deslocar por distâncias maiores para buscar atendimento. O presidente do hospital, em entrevista ao Jornal do Comércio, informou que saem de Rio Grande, diariamente, 70 pacientes para irem até Porto Alegre, que fica a 320 quilômetros de distância, para fazerem exames ou serem internados. O novo hospital está credenciado para receber convênios de planos e seguradoras de saúde e também atenderá atendimento particular.

https://www.jornaldocomercio.com/